Ano de escolaridade:
2.º ano
Disciplina/área curricular:
Português
 
Domínio/Tema:
Oralidade (compreensão)
Prova/Ano escolar:
Instrumento de Aferição Amostral Português e Estudo do Meio (25) | 2021
Palavras chave:
compreensão; oral; emoções; intenção comunicativa
 

Apresentação do Item (Clique aqui para aceder à prova em PDF):

 

Características do Item
Tipologia:
Item de Seleção
Formato:
Escolha Múltipla
Tipo de suportes:
Texto oral
Nível de complexidade cognitiva*:
Nível 2 (médio) - interpretação
 
Dados estatísticos
        Percentagem de acerto:
Não se aplica
        Grau de dificuldade*:
 
Não se aplica
 
Objetivos do item: o que se pretende avaliar e sua relação com as AE e o PA

Objetivo do item: Analisar uma exclamação apreciativa enunciada por uma personagem e identificar a emoção   sentida por essa personagem.

Aprendizagens Essenciais (2ºano – p.6): Oralidade |Compreensão -  Identificar intenções comunicativas de textos orais, designadamente perguntas, afirmações, exclamações apreciativas, ordens, pedidos.

Áreas de Competência do Perfil do Aluno: Linguagens e Textos  -  As competências associadas a Linguagens e textos implicam que os alunos sejam capazes de dominar capacidades nucleares de compreensão […] nas modalidades oral, escrita, visual e multimodal.

 
Critérios de classificação (Clique aqui para aceder aos critérios de classificação em PDF):

A classificação das respostas de itens de escolha múltipla é dicotómica, isto é, apenas se considera como resposta correta, a seleção exclusiva da opção «maravilhada».

 
Exemplos de didáticas e situações de aprendizagem a que os alunos poderiam ser sujeitos para responder corretamente ao item:

Promover a audição de variados suportes audiovisuais e jogos de simulação.

  • A participação em atividades multidisciplinares que envolvam a expressão e a compreensão oral contribui para a compreensão da importância da voz na comunicação. Por exemplo, dramatizações, em que os alunos experienciam situações em que a entoação e o ritmo da fala conferem sentido às palavras e exprimem igualmente emoções, reforçando a mensagem, desenvolve nos alunos a capacidade de utilizar e de compreender de modo proficiente a linguagem verbal.

A sequência seguinte pretende ser um exemplo de jogos de simulação em que se procura que os alunos tomem consciência da importância de prestarem atenção ao que ouvem, para tirarem partido das experiências que lhes são propostas.

Exemplo de sequência de atividade

Recortes expressivos

  • Apresentar um conjunto de recortes/imagens que retratem situações do quotidiano (disponibilização de cinco imagens diferentes, em número suficiente de uma para cada aluno).
  • Solicitar que cada aluno selecione uma imagem.
  • Organizar a turma em grupos, de acordo com a imagem escolhida por cada aluno.
  • Apresentar um conjunto de exclamações apreciativas variadas («Nunca vi nada assim!»; «Que espetáculo!»; «Não vou pensar mais!»; «Eu nem queria acreditar!»; «Que sorte!»; …);
  • Motivar os alunos para a criação de uma pequena dramatização da situação retratada na imagem, incorporando uma das expressões disponibilizadas.
  • Promover a apresentação em coletivo das dramatizações.
  • Avaliar o desempenho dos alunos com recurso a rubricas de avaliação, previamente construídas (auto e heteroavaliação).


* Complexidade não é sinónimo de Dificuldade.
A complexidade tem a ver com o processo cognitivo que é requerido para a realização da tarefa ou do item de avaliação. É definida antes e durante o processo de construção da tarefa ou do item.
A dificuldade pode e deve ser estimada, mas só é possível determinar com exatidão depois da aplicação do instrumento/tarefa, através dos resultados obtidos.