Ano de escolaridade:
4.º ano
Disciplina/área curricular:
Português
 
Domínio/Tema:

Leitura

Prova/Ano escolar:
PIRLS | 2016
Palavras-chave:
 
 

Apresentação do Item (Clique aqui para aceder à unidade de avaliação em PDF):

 

Características do Item
Tipologia:
Item de construção
Formato:
Resposta restrita
Tipo de suportes:
Texto 
Nível de complexidade cognitiva:
 
 
Dados estatísticos
        Percentagem de acerto:
Portugal - 10% / Internacional 15%
        Grau de dificuldade:
 
 
 
Objetivos do item: o que se pretende avaliar e sua relação com as AE e o PA

Finalidade da leitura: Como experiência literária

Processos gerais de compreensão da leitura: Interpretar e relacionar ideias e informação.

 
Critérios de classificação (Clique aqui para aceder aos critérios de classificação em PDF):

3 – Compreende de forma abrangente

Revela compreender como é a Marta, apresentando, pelo menos, um traço, um sentimento, ou um comportamento, que seja fundamentado com dois exemplos diferentes e adequados OU apresenta dois traços/sentimentos/comportamentos, com um exemplo para cada um desses traços/sentimentos/comportamentos. Exemplos de atributos e de ações possíveis são apresentados abaixo, mas, tratando-se de uma personagem complexa, outras respostas devem ser consideradas válidas, desde que fundamentadas adequadamente.

Exemplos:

- A Marta é determinada, pois, mesmo quando a galinha vermelha não lhe obedece, ela não desiste e tenta várias maneiras para fazer com que a galinha entre no galinheiro.

- A Marta tem mau feitio, porque bate com a porta do galinheiro e vai zangada até à cozinha, arrastando os pés.

- Ela é inteligente, pois teve a ideia de construir umas asas e tenta atrair a galinha para o galinheiro, pondo lá a sua comida favorita

- Ela é responsável, porque quer ter a certeza de que as galinhas ficam em segurança e é criativa, pois imaginou o plano para utilizar uma coruja.

- A Marta é esperta, porque conseguiu que a galinha fosse para o galinheiro. A Marta nunca desiste, pois tentou 4 ou 5 vezes.

Atributos e ações possíveis

  • Inteligente, esperta, criativa: imagina soluções criativas para o seu problema.
  • Determinada, incapaz de lidar com o fracasso: não desiste enquanto não é bem‑sucedida; fica aborrecida com o comportamento da galinha.
  • Responsável: cumpre as suas tarefas diariamente.
  • Curiosa, preocupada: coloca questões para tentar compreender o problema.

2 – Compreende de forma satisfatória

Revela compreender como é a Marta, relacionando um traço/um sentimento/um comportamento com um exemplo adequado.

Exemplos:

- Ela fica maldisposta e zangada com a galinha. Ela quer que a galinha lhe obedeça.

1 – Compreende minimamente

Refere um ou mais traços/sentimentos/comportamentos (por exemplo, determinada, inteligente), mas apresenta um exemplo vago ou não apresenta nenhum exemplo. Na resposta, não inclui traços ou comportamentos contraditórios.

Exemplos:

- Ela é espera e é inteligente.

- Ela tem várias ideias muito boas.

- Ela vai sempre tentando.

- Ela fica zangada e frustrada.

0 – Compreende de forma não satisfatória

Não refere um traço/um sentimento/um comportamento. Refere traços não relacionados com o texto ou dá uma resposta vaga, sem relação com o texto, ou repete as palavras da pergunta.

Exemplos:

- Ela é simpática/boa menina/gosta de ajudar. (demasiado vago)

- A Marta faz muitas coisas boas.

- Ela preocupa-se, é bonita, boazinha, esperta e simpática. (traços não relacionados com o texto)

- Ela tem mau feitio e é sorridente. (contradição)

- A Marta está zangada e feliz. (contradição)

- Ela gosta do que faz. (incorreto)

 
Exemplos de didáticas e situações de aprendizagem a que os alunos poderiam ser sujeitos para responder corretamente ao item:
 


* Complexidade não é sinónimo de Dificuldade.
A complexidade tem a ver com o processo cognitivo que é requerido para a realização da tarefa ou do item de avaliação. É definida antes e durante o processo de construção da tarefa ou do item.
A dificuldade pode e deve ser estimada, mas só é possível determinar com exatidão depois da aplicação do instrumento/tarefa, através dos resultados obtidos.