Ano de escolaridade:
11.º ano
Disciplina/área curricular:
Filosofia
 
Domínio/Tema:

A necessidade de fundamentação da moral – análise comparativa de duas perspetivas filosóficas

Prova/Ano escolar:
Prova de exame final nacional – Prova 714 | 1.ª Fase | 2017
Palavras chave:
resolver problema; aplicar teoria ética; ética utilitarista de Mill
 

Apresentação do Item (Clique aqui para aceder à prova em PDF):

Atente no problema apresentado no caso seguinte.

Circulam já alguns automóveis autónomos, ou seja, capazes de se conduzirem a si próprios. As empresas envolvidas na produção de automóveis autónomos têm feito grandes progressos, e os problemas tecnológicos levantados pela exigência de autonomia estão quase resolvidos. Subsiste, todavia, um problema ético: os automóveis autónomos podem ser programados para, em caso de acidente iminente, darem prioridade à segurança dos seus passageiros ou, em alternativa, darem prioridade à minimização do número total de vítimas.

Qual das duas programações referidas seria adotada por um defensor da ética de Mill? Justifique.

 

Características do Item
Tipologia:
Item de construção
Formato:
Resposta restrita
Tipo de suportes:
Texto apresentando caso prático (situação hipotética)
Nível de complexidade cognitiva:
Nível 2 (médio) – analisar; aplicar
 
Dados estatísticos
        Percentagem de acerto:
67%
        Grau de dificuldade:
 
Médio
 
Objetivos do item: o que se pretende avaliar e sua relação com as AE e o PA

Aplicar teorias éticas a problemas que requerem soluções éticas.

AE – Mobilizar os conhecimentos adquiridos para propor soluções para problemas éticos que possam surgir a partir da realidade.

PA – Linguagens e textos (utilizar de modo proficiente a língua materna); Informação e comunicação (mobilizar informação); Raciocínio e resolução de problemas (interpretar informação); Saber científico, técnico e tecnológico (mobilização da compreensão de fenómenos científicos).

 
Critérios de classificação (Clique aqui para aceder aos critérios de classificação em PDF):

Os critérios de classificação apresentam-se organizados por níveis de desempenho, em que cada nível descreve o grau de qualidade do desempenho do aluno. A cada nível de desempenho corresponde uma dada pontuação.

A resposta integra os aspetos seguintes, ou outros equivalentes.

Apresentação da solução que um defensor da ética de Mill adotaria:

– os automóveis autónomos devem ser programados para, em caso de acidente iminente, darem prioridade à minimização do número total de vítimas.

 

Justificação da solução apresentada:

– o princípio ético defendido por Mill é o princípio da maior felicidade;

– de acordo com o princípio da maior felicidade, temos o dever de promover imparcialmente a felicidade geral;

– no caso em questão, promover imparcialmente a felicidade geral implica optar pela solução que minimiza o número total de vítimas, atribuindo igual importância aos passageiros do automóvel autónomo e a todas as outras pessoas envolvidas no acidente.

 

Níveis Descritores de desempenho Pontuação
3

Apresenta corretamente a solução que está de acordo com a ética de Mill.

Justifica, com clareza e precisão, a solução apresentada.

Estrutura adequadamente os conteúdos relevantes.

15
2

Apresenta corretamente a solução que está de acordo com a ética de Mill.

Justifica, parcialmente ou com imprecisões, a solução apresentada. Apresenta a resposta com falhas na seleção e na estruturação dos conteúdos relevantes.

10
1 Apresenta uma solução que não está de acordo com a ética de Mill, ou não apresenta qualquer solução. Refere corretamente um ou mais aspetos da ética utilitarista de Mill relevantes para a apreciação do problema ético suscitado pelos automóveis autónomos. Apresenta conteúdos irrelevantes ou incorretos, mas que não contradizem os conteúdos relevantes e corretos apresentados. OU Apenas apresenta corretamente a solução que está de acordo com a ética de Mill. 5
 
Exemplos de didáticas e situações de aprendizagem a que os alunos poderiam ser sujeitos para responder corretamente ao item:
  1. Análise do problema do trolley a partir de um vídeo que o exemplifique.
  2. Apresentação em vídeo de variações do problema do trolley.
  3. Identificação das diferentes opiniões dos alunos perante o problema do trolley e as suas variações.
  4. Debate sobre se haverá justificações plausíveis para introduzir restrições deontológicas à maximização da felicidade.


* Complexidade não é sinónimo de Dificuldade.
A complexidade tem a ver com o processo cognitivo que é requerido para a realização da tarefa ou do item de avaliação. É definida antes e durante o processo de construção da tarefa ou do item.
A dificuldade pode e deve ser estimada, mas só é possível determinar com exatidão depois da aplicação do instrumento/tarefa, através dos resultados obtidos.